Buscar
  • SBM Seguros

Enchente? O que fazer?

Para não ter dor de cabeça, conheça os nossos serviços e planos especiais de seguros de automóveis para casos extremos ou do dia-a-dia. A SBM Seguros está pronta para resolver o seu problema, com muito cuidado, atenção e principalmente com qualidade.


O Seguro de automóveis cobre os danos por enchentes, que fazem parte da chamada Cobertura Compreensiva (colisão, incêndio, roubo e furto). Essa cobertura é válida desde que o risco não seja agravado. No caso das chuvas, desde que o segurado não tente passar por uma rua já alagada. O Seguro Auto ainda cobre a higienização do carro que tenha água em seu interior.


Queda de árvore, postes ou muros, causados pela chuva, também fazem parte do contrato compreensivo do seguro de automóvel, salvo quando são responsabilidades do motorista.

A cobertura também inclui a submersão parcial ou total do veículo em água doce proveniente de enchentes ou inundações, inclusive nos casos de veículos guardados no subsolo de garagens.



O que fazer então, caso você esteja numa tempestade com risco de enchente?


1) Ao se deparar com áreas alagadas, mude o trajeto! Procure um local seguro e alto. Se não for possível, abandone o carro e procure abrigo.


2) Caso já esteja com o carro em enchente e não possa sair, observe o nível da água. A altura do alagamento não pode exceder o meio da roda.


3) Mantenha a velocidade baixa e o motor em rotação constante, em torno das 2.500 rpm. Isso diminui a variação do nível da água e o risco de aspiração, além da a contaminação de componentes eletroeletrônicos. Também melhora a aderência dos pneus.


4) Em veículos com câmbio automático a transmissão deve ficar na posição “1”, de trocas manuais de marcha. Outra possibilidade é alternar, de forma manual, a troca de marchas entre “N” e “1”, para manter a velocidade do veículo baixa durante a travessia.


5) Se o carro for automático e o câmbio tiver as opções “winter” ou “snow”, utilize um desses recursos. Essas funções servem para aumentar a segurança em trechos de baixa aderência, como neve e lama, evitando que o veículo patine.


6) Mantenha a calma. Pode ser que a direção (hidráulica) fique “dura”, haja variação na luminosidade das luzes do painel de instrumentos, surjam alertas sonoros e flutuação dos ponteiros. Luzes de anomalia da injeção eletrônica, bateria e ABS podem se acender e seja necessário maior esforço para acionar os freios. Esses sintomas geralmente são passageiros. Reforce a cautela e mantenha o menor número possível de sistemas ligados.


7) Desligue o ar condicionado. Reduzindo o risco de entrar água na tomada de ar do motor.



Se o motor morrer com o carro em enchente, o que devo fazer?


Se o motor do carro “morrer” durante a travessia de uma área alagada, jamais tente dar a partida novamente. Mantenha o motor desligado e remova o veículo até uma oficina assim que possível. Isso reduz o risco de danos causados ao motor por um calço hidráulico.


Após passar por trechos alagados, leve o veículo a uma oficina de confiança e faça uma revisão completa. isso evita possíveis danos a sistemas como a injeção eletrônica, contaminação do cânister e do óleo do motor, além de riscos de falhas na embreagem, suspensão e freios.


Faça uma limpeza no sistema de ventilação. Há possibilidade de proliferação de fungos, micro-organismos e bactérias. Por essa razão é recomendável realizar uma limpeza de todo o sistema para uma utilização segura.


30 visualizações

Mais que uma corretora, uma parceira.

11 5078-4848

Alameda dos Guaiós, 401 - Planalto Paulista - São Paulo

  • whatsapp

©2019-2020 por Peagá Design.